O Grande Joalheiro


Há muito tempo, um jovem que vivia desanimado dirigiu-se ao seu
professor dizendo:
Me sinto tão fraco que não tenho forças para fazer nada.
Dizem até que não sirvo para nada, que não faço nada certo.
O que posso fazer para que me valorizem mais ?
E o sábio professor tirou um anel que estava usando e deu ao garoto,
dizendo:
Tente vender este anel pelo máximo possível, mas não aceite menos
que uma moeda de ouro. 

O jovem pegou o anel e partiu.
Ofereceu-o a algumas pessoas, que olhavam com algum interesse,
mas quando o jovem mencionava a moeda de ouro, alguns riam,
outros saiam sem ao menos olhar para ele.
Abatido pelo fracasso, resolveu voltar.
E diante do seu professor, disse:
Sinto muito, mas é impossível conseguir o que pediu pelo anel.
E o professor disse:
Devemos saber então quanto vale.
Vá até o joalheiro, diga-lhe que quer vender o anel e pergunte quanto
ele dá, mas não importa o quanto ele lhe ofereça, não o venda...
Volte aqui com o anel.
O joalheiro examinou o anel, pesou e disse:
Agora, não posso dar mais que 58 moedas de ouro por este anel.
58 MOEDAS DE OURO!!! - exclamou o jovem.
Sim, disse o joalheiro, mas se não for urgente, eu posso oferecer até
70 moedas de Ouro.
Então o jovem pegou o anel e voltou emocionado à escola para contar
ao professor.
Depois de ouvir tudo o que o jovem lhe contou, o professor disse:
Somos como esse anel, uma jóia valiosa e única, e ninguém, além do
Grande Joalheiro, nosso Deus e Pai, que deu seu filho Jesus por amor
de nós, sabe o nosso real valor !

1 comentários:

Líbiny Suelen 28 de maio de 2013 16:26  

Já vi este texto antes. Realmente é muito reflexivo.
Beijos

www.facebook.com/sweetseptemberblog
www.likeseptember.blogspot.com

Postar um comentário

  © A ESSÊNCIA DA VIDA

Design by Template Para Blogspot